quinta-feira, 12 de maio de 2016

Resenha: Distopia - Kate Willians























Sinopse: Em uma sociedade governada por militantes, com um sistema incorruptível, as crianças são isoladas no regimento militar aos sete anos de idade e treinadas para serem soldados. Lá, eles aprendem da forma mais cruel a atirar e a matar, perdendo muito cedo a sua inocência. Depois da Grande Guerra, o mundo passou a ser dividido entre governantes e governados e cada um tem as suas dores, suas mágoas e limitações. E o que nos resta saber é: de qual lado você está? Porque no final das contas, não estamos vestidos para lutar... Assim como nunca estaremos vestidos para morrer... 

No livro, nós nos encontramos no ano de 2064, após a Grande Guerra que aconteceu em 2016. O que restou do mundo, foi dividido em: Norte, Sul, Leste e Oeste. Cada uma dessas regiões é comandada por militantes (coronel, sargento, capitão), pois após a Guerra, eles assumiram o controle de tudo. Os militantes são colocados no poder de forma hereditária para ser um sistema incorruptível.

Nesse mundo distópico, existem Os governantes (a elite), que vivem de um lado do muro onde aparentemente tudo é bom, luxuoso e colorido. Já no lado oposto do muro que os separam, existe uma população menos favorecida, onde a única cor que eles conhecem é o cinza. Aos sete anos de idade, os filhos dos governados são enviados para serem treinados, lá eles perdem sua infância e inocência logo cedo, também tendo que amadurecer precocemente. Eles ficam no Regimento até atingirem a idade adulta, tempo onde escolhem que profissão vão exercer na sociedade ( poucos mais que 4 opções). Os governados não tem sobrenomes, por isso são identificados por números.

" - Você não precisa esquecer quem você é, filho. Muito pelo contrário. Deve se apegar à isso com todas as suas forças para que eles não tirem de você o seu melhor. Esconda isso deles. Não deixe que eles vejam o quão maravilhoso você é, e estará a salvo."

Thiago (número 6) é um jovem governado que está no Regimento desde o sete anos de idade, lá ele tem 3 grandes amigos que sempre estão junto a ele. Ele é um rapaz que não aceita o sistema pelo qual é comandado e de alguma forma, anseia uma mudança, uma escapatória. Laura é a filha do Coronel do norte, uma menina que nunca gostou de vestidos repletos de saias, todovia sempre preferiu calçar as botas dos irmãos. Uma menina mandona, determinada e corajosa que luta por aquilo que quer: Liberdade. Laura sente-se presa no sistema que vive por não poder tomar suas próprias escolhas e também não concorda com a injustiça do sistema.

— Você é um deles.
— Posso ser um deles, mas meu coração não pertence a nenhum dos dois lados. Meu coração pertence à ideia de um mundo em que as leis são as mesmas para todos. (...)”


Laura e Thiago tem vidas totalmente diferentes, mas a vida vai acabar por uni-los de uma forma inesperada, mas muito interessante. O sistema que eles vivem é muito injusto, e até mesmo alguns governantes são contra, Laura sente-se presa no sistema que vive por não poder tomar suas próprias escolhas e também não concorda com a injustiça do sistema.

“Não estamos vestidos para lutar... assim como nunca estaremos vestidos para morrer... 

Os personagens do livro são incríveis, cada um deles, pois eles contribuem de uma forma muito importante para a história, mesmo sendo secundários ou coadjuvantes. A história é narrada em terceira pessoa, por um narrador onisciente, que sabe de tudo e conhece cada um dos personagens. A leitura de Distopia é leve e ao mesmo tempo muito envolvente e chocante. Kate Willians consegue prender o leitor de uma forma muito legal, porque em nenhum momento o livro se torna chato. Uma das coisas mais legais do livro é que a autora brincou com o espaço por meio de Interlúdios (Flashbacks), que mostram o passado e que nos levam a fazer descobertas ou influenciam um acontecimento próximo.

Resultado de imagem para resenha distopia kate willians

No geral, Distopia é um ótimo que faz o leitor se envolver e acreditar em tudo o que está acontecendo. A única coisa que não me agradou foi o final, mas o segundo livro vem por aí  e eu acredito que compense o final do primeiro. Então pessoal leiam-no, porque vocês vão amar.

Este livro se encontra a venda da Editora Arwen: Aqui 
 Arwen: Facebook / Instagram
Palavra por Palavra: Instagram 

* Este livro foi uma cortesia da Editora 


Resultado de imagem para distopia kate willians
Título:  Distopia #1
Autora: Kate Willians
Editora: Arwen
Páginas: 318
Ano: 2015










Espero que tenham gostado da resenha, até mais pessoal s2







Nenhum comentário:

Postar um comentário