quarta-feira, 30 de setembro de 2015

RESENHA: Orgulho e Preconceito - Jane Austen

Ai meu Deus, como eu tava com saudades disso aqui. Primeiramente quero me desculpar pelo sumiço, eu estava sem internet. E mesmo que eu fosse em algum lugar usar um computador, não daria certo devido aos arquivos que estão todos salvos aqui. Portanto, EU VOLTEI! Espero que tenham sentido falta de mim. <3


A resenha de hoje é de um livro queridinho, que tenho que admitir, só quis lê-lo por causa do filme - muito amor S2. Mas não irei falar do filme já que a resenha aqui é sobre o livro, mas só posso dizer que eu tenho um crush eterno pelo o Darcy.


O livro tem uma linguagem bem complicada, devido ao fato de ser de 1800 e alguma coisa, e por isso eu dei uma pequena enrolada para lê-lo (comecei antes da MLI, e só depois de bem um mês de ter acabado a MLI eu fui terminar... pois é). Mas eu amo tanto, mais tanto o filme, que eu não pude abandoná-lo.

Às vezes eu acho que nasci no século errado. Eu sempre tive vontade de usar aqueles vestidos pesados e cheios e lindos, mas creio que a partir do momento que me visse sendo "obrigada" a usar tudo que o complementa (espartilho, etc), desistiria.

O livro é narrado por Elizabeth Bennet, a Lizzy que tem mais quatro irmãs. Sua mãe tenta casá-las com um homem rico a todo custo, e quando um jovem rico se muda para Netherfield começa o alvoroço.
Em um baile, ela apresenta suas filhas para ele e seu amigo orgulhoso Fitzwilliam Darcy, e logo o Sr. Bingley se encanta pela Sra. Bennet mais velha (nossa, falei como no livro, haha). Mas o livro não é baseado neles, e sim entre Lizzy e Darcy, que não se dão bem no começo. Lizzy é uma mulher inteligente e teimosa, que só quer casar com alguém que ame e Darcy é um jovem rico e orgulhoso, que por causa desse orgulho é visto com maus olhos pela sociedade, inclusive por Lizzy.
E então a história vai se desenrolando a medida que os dois vão se conhecendo...

"Quando mais eu vejo o mundo, mais fico insatisfeita com ele; e cada dua confirma minha crença na inconsistência do caráter humano e na pequena dependência que pode ser colocada na aparição do mérito e do sentido."

No começo você tem certa dificuldade, são muitos nomes, e às vezes eu confundia a Sra. Bennet com a Sra. Bennet, as casas tem nomes, o que causou uma pequena confusão pois eu ficava tentando lembrar qual era de quem.

Mas, no geral, é um livro ótimo. Eu quero ler os outros, mas tenho medo que não seja como esse, mas quem sabe se um dia não dou uma chance?

"Pense apenas no passado quando sua lembrança lhe der prazer."


Orgulho e Preconceito
Título Original: Pride and Prejudice      
Autora: Jane Austen
Editora: Landmark
Páginas: 400
Ano: 2008
Skoob










PS: Esses são os dados da minha edição (bilíngue).




2 comentários:

  1. Amei! Já estava com saudades:(. É verdade que essa edição apresenta alguns erros de digitação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos que eu tenha visto não, se conter deve ser algo superficial, se não eu teria visto. Pode ler, eu deixo ♡

      Excluir