segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Resenha: Anjo mecânico - Cassandra Clare

Imagem retirada da internet
Título Original: Mechanical Angel/ Anjo Mecânico - As peças infernais #1
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 392
Ano: 2012

Skoob

Sinopse: Através de Tessa Gray, uma jovem órfã de 16 anos, esta obra apresenta os Caçadores das Sombras da Inglaterra vitoriana. Como seus representantes do século XXI, eles também combatem os elementos rebeldes do submundo – vampiros e lobisomens. E são eles que vão ajudar Tessa quando esta, ao sair de Nova York em busca do irmão, seu único parente vivo, é raptada pelas irmãs Black. Mas Tessa não é uma senhorinha indefesa. Dona do estranho poder de se transformar em qualquer um apenas tocando em algum pertence dessa pessoa, é um objeto valioso para o submundo. Ao lado do temperamental e misterioso Will e de seu melhor amigo James, cuja frágil beleza esconde um terrível segredo, Tessa vai aprender a usar seu poder e ganhar um lugar ao lado deles na batalha entre as trevas e a luz.


Bom pessoal, antes de publicar a resenha de Cidade do Fogo Celestial, acho justo fazer primeiramente a da série Peças infernais - Que eu já deveria ter feito e publicado, foi uma erro meu, desculpem - Porque há uma conexão entre as duas e algumas explicações e fatos que só entendemos em Cidade do Fogo Celestial, se lermos primeiro esses que estou falando (Anjo Mecânico, Príncipe Mecânico e Princesa Mecânica). Então, mãos a obra.

“Sempre se deve ter cuidado com os livros, e com o que está dentro dele, pois as palavras têm o poder de nos transformar.” 

O primeiro livro se passa em uma Londres antiga, no ano de 1878. O qual conta a história de Theresa Gray, uma jovem que após a morte de sua tia é obrigada a sair de sua cidade natal, Nova York, e ir morar na Inglaterra junto com seu irmão Nathaniel Gray. Porém ao desembarcar no porto ela é sequestrada pelas Irmãs Sombrias.

“Sonhos são verdadeiros enquanto duram, e não vivemos nos sonhos?”

As Irmãs Sombrias chamam-se Dark e Black, as quais trabalham para O Magistrado. Essas irmãs sabem que Tessa tem um poder - Nem Tessa sabia - de transforma-se em qualquer ser, vivo ou morto, caso tenha um objeto da pessoa. E elas tem que fazer com que Tessa aperfeiçoe esse poder, para estar devidamente pronta para ser entregue ao Magistrado. Theresa passa bastante tempo no lugar onde foi levada - Uma mansão, se não me engano - Sendo submetida a maus tratos e ofensas. Até que um dia, William Herondale aparece, e a tira de lá.

Will a leva para o Instituto de Londres, onde residem alguns Caçadores de sombras e empregados. A partir daí, sua vida dá uma reviravolta. Tessa conhece enfim, o mundo das sombras, onde também irá tentar descobrir o que ela é.

Durante o livro, Tessa tenta descobrir o que é, pois isso é uma dúvida para todos. Mas também vive um triangulo amoroso com Will e James Carstairs, que aliás, são Parabatai. Enquanto Will é arrogante, grosso, charmoso, misterioso e atraente, Jem é carinhoso, educado, cortês, delicado e também bastante atraente. Ambos tem um passado triste e sombrio, que aos poucos vamos conhecendo.

“Às vezes, nossas vidas mudam tão depressa que a mudança é mais rápida do que nossas mentes e corações. É nessas vezes, acho, quando nossas vidas mudaram mas ainda sentimos falta do tempo anterior, que sentimos a pior das dores. Mas posso te dizer, no entanto, por experiência própria, que você se acostuma. Aprende a viver a nova vida e não consegue imaginar, ou sequer lembrar, de como as coisas eram antes.”

No acompanhamos Tessa conhecendo e apaixonando-se cada vez mais pelo mundo das sombras, mas também se envolvendo em paixões perigosas e perigos realmente sérios, pondo a vida de quem ela ama em perigo. O mistério do Anjo mecânico relaciona-se com um colar que Tessa herdou de sua mãe, o qual ao longo do livro vamos entendendo.

Anjo mecânico é narrado em terceira pessoa, e é incrível como Cassandra consegue descrever e fazer referências de uma forma com que todo mundo compreende. Eu amo de coração todos os seus livros, e esse não fica de fora. Anjo mecânico é um livro cativante, misterioso, curioso, capaz de tirar risadas, lágrimas e suspiros dos leitores - Como foi no meu caso -.

As peças infernais é uma trilogia maravilhosa, eu a li dentro de um mês, basicamente. E sempre que lembro dela, me vem um sentimento de nostalgia, não tenho nem como dizer o quanto amo esses livros. Logo mais estarei com a resenha do segundo livro :)

"É grandioso tanto amar quanto ser amado. O amor não é algo que possa ser desperdiçado.”
Excelente


4 comentários:

  1. Não vejo a hora das promoções do Black Friday pra comprar esta coleção! Os livros são lindos e sempre tive muita vontade de ler! Vamos ver né rs.
    Abs!
    http://ohqueridavalentina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, eu bem queria comprar na Black, mas não vai dar.
      Juliana, garanto que você não irá se arrepender, considero a melhor trilogia já lida até hoje!
      Bjoss *-*

      Excluir
    2. As capas dessa série são lindas demais. Não sabia muito desse livro, mas lendo a resenha agora fiquei super afim de ler, mas uma série para a listinha.

      Beijos,
      http://quotesperdidos.blogspot.com.br

      Excluir
    3. haha, são extraordinárias. Obrigada, garanto que não irá se arrepender.
      Xoxo.

      Excluir