quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Resenha: As vantagens de ser Invisível - Stephen Chbosky


Ás vezes alguns fatos ou palavras podem mudar-nos completamente, não é mesmo?!


Sinopse: Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.

Durante a leitura de As vantagens de ser Invisível, acompanhamos um pouco da vida Charlie, que tem 15 anos e tem muito o que aprender com a vida. Ele é um jovem um pouco desajustado e incompreendido, que nota tudo ao seu redor. O livro é narrado por cartas, onde Charlie as envia para um "amigo anônimo", e a partir delas acompanhamos a monomania e as descobertas da vida adolescente.

"Então eu comecei a chorar novamente. Às vezes eu era uma verdadeira montanha-russa."

Charlie também já teve que lidar com perdas difíceis, nas quais seu melhor amigo e sua tia favorita morreram - Isso já tinha acontecido, não é spoiler nem nada - E acompanhamos quando ele retorna a escola e começa estabelecer relações de amizade, que no caso são os dois irmãos Sam e Patrick, dois jovens que também ainda estão se descobrindo e aprendendo a viver. Também existe o professor Bill, que mostra-se com um interesse além de professor-aluno em Charlie, ele mostra-se um bom amigo.


"Charlie, a gente aceita o amor que acha que merece."
Nós também vamos conhecer um pouco sobre as relações familiares de Charlie, que não são lá essas coisas. Seus pais tem uma proteção e um receio enorme em relação a ele, seu irmão mais velho mau aparece em casa, e sua irmã tem uma relação bem intensa com ele, em partes do livro ela o ama, em outras, não o quer nem perto, mas ao longo do notamos que ela o ama muito.

"Ele é invisível."

As vantagens de ser invisível, é sem sombra de dúvidas, um livro muito intenso, é daqueles que nós sentimos todas as emoções com o personagem, gritamos junto a ele e choramos por ele. A leitura é fácil e tranquila, e não precisa-se de muito esforço para lê-lo. Esta foi a primeira vez que o li, e não vou mentir dizendo que foi um livro que me fez morrer de amores, mas não nego que me fez refletir bastante. Leiam-no.

"E naquele momento eu seria capaz de jurar que éramos infinitos."




Título Original: The advantages of being invisible / As vantagens de ser invisível
Autora: Stephen Chbosky
Editora: Rocco
Páginas: 224
Ano: 2012








Nenhum comentário:

Postar um comentário