quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Resenha: O guardião - Nicholas Sparks

Título Original: The Guardian / O Guardião
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 344
Ano: 2013

Skoob

Sinopse: Quarenta dias após a morte de seu marido, Julie Barenson recebe uma encomenda deixada por ele. Dentro da caixa, encontra um filhote de cachorro dinamarquês e um bilhete no qual Jim promete que sempre cuidará dela.
Quatro anos mais tarde, Julie já não pode depender apenas da companhia do fiel Singer, o filhotinho que se tornou um cachorro enorme e estabanado.
Depois de tanto sofrimento, ela enfim está pronta para voltar a amar, mas seus primeiros encontros não são nada promissores. Até que surge Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como rainha.
Julie está animada como havia muito tempo não sentia, mas, por alguma razão, não consegue compartilhar isso com Mike Harris, seu melhor amigo. Ele, por sua vez, é incapaz de esconder o ciúme que sente dela.
Quando percebe que o desconforto diante de Mike é causado por um sentimento mais forte que a amizade, Julie se vê dividida entre esses dois homens, ela tem que tomar uma decisão. Só que não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha colocará sua vida em perigo.




Se vocês já leram Um Porto Seguro (Resenha aqui) e gostaram, com certeza vão gostar de O Guardião. Ambos tratam das possessividades em um relacionamento, só que Um Porto Seguro acontece em um casamento e O Guardião é um cara, sociopata, que tira do seu caminho todos aqueles que intervém em seu caminho.

Julie tinha um passado bem complicado, e fugiu de casa bem nova, por conta da vida conturbada de sua mãe. Ela passou um tempo na rua, para depois conhecer Jim, que desde o primeiro momento a ajudou e cuidou dela, logo eles se apaixonaram e casaram.

Entretanto, como na maioria das narrativas de Nicholas Sparks, é difícil alguém ser feliz logo de cara. Seu marido vem a óbito, por conta de uma doença. Depois de sua morte chega um presente para Julie, um cachorro - Singer - que vem a se tornar seu grande e fiel amigo.

A narrativa dá um pulo de quatro anos, e vamos para o presente. Onde Julie trabalha como cabeleireira na cidade onde morava com Jim, ela mora sozinha e tem alguns amigos. Um deles é seu melhor amigo, Mike, que é apaixonado por ela desde sempre (mas nunca se declarou ou tentou algo, por achar que seria traição). Nesses quatro anos ela nunca conseguiu se relacionar de verdade ou seriamente com alguém, até conhecer o engenheiro Richard, que mostra-se um ótimo homem.

Julie passa a se encontrar com Richard, mas depois vê que não sente nada por ele. E mediante a isso vê a possibilidade de olhar para Mike com outros olhos. Richard inconformado e maluco, tem um amor doentio por Julie, que vamos entender somente no final do livro. Ele passa a persegui-la e atormentá-la totalmente, sem dar-lhe um minuto de paz. E a pergunta que fica no ar, é: Será que Julie poderá viver em paz algum dia?

A narrativa de O guardião é super e fácil e compreensível , deixa o leitor curioso para saber o desfecho na estória. O livro tem um pouco de ação, mas somente no final (eu particularmente amei), o que predomina mesmo, é o romance, mistério e suspense. Eu super indico o livro, é muito bom.


Veja outras resenhas de livros Nicholas Sparks aqui:




Nenhum comentário:

Postar um comentário