sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Resenha: Princesa Mecânica - Cassandra Clare

Contêm spoilers do livro anterior!



Título original: Mechanical princess/ Princesa Mecânica - As peças infernias #3
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Ano: 2013



Sinopse: Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.



Inicialmente, quero pedir desculpas por quaisquer erros ou exageros que venham a ocorrer nessa resenha. Faz um tempinho que li Princesa mecânica, mas todas as emoções que senti durante a leitura, sinto até hoje.

Sem sombra de dúvidas, essa é uma das trilogias mais espetaculares que li na vida, se não, a melhor. Quando o final do livro se aproximava, a curiosidade aumentava cada vez mais e a tristeza de ter que me despedir dos personagens me atormentava. Quando enfim terminei, estava em lágrimas, o coração acelerado e dividido, pois não sabia se odiava ou amava aquele final. Me despedir desses personagens, foi a mesma sensação de quando uma mãe vê seu filho indo embora, não há nada que se possa fazer, somente esperar por sua volta.

"Cecily já tinha ouvido a mãe falar entretida sobre um rapaz vizinho que olhava para uma moça como se esta fosse 'a última estrela do céu', e era assim que Jem olhava para Tessa. " 

Princípe mecânico terminou com a chegada da irmã de Will, Cecily, no instituto. Will apaixonado por Tessa e ela noiva de Jem - Acho que já deu pra entender que você termina o 2º livro, correndo pro 3º - O Magistrado ainda está desaparecido e tudo parece complicar-se mais ainda para todos do Instituto, pois o tempo está esgotando cada vez mais e medo de perderem o Instituto só aumenta. Outra fato que deixa todos curiosos, é: Como Jem irá casar com Tessa, se ele é um Caçador de sombras e ela é do submundo?
“Eu a amo mais desesperadamente neste momento do que jamais o fiz, e daqui a uma hora a amarei ainda mais.”

Ler esse livro, e ter que lidar com um triângulo amoroso onde você ama os dois personagens (Will e Jem) da mesma forma e com mesma intensidade é algo muito difícil, pois você fica feliz por um, triste pelo outro e vice versa. A amizade e cumplicidade deles é um sentimento que cativa o leitor, é um sentimento pelo qual se precisasse, eu lutaria junto a eles para que nunca terminasse.

"- Não posso pedir que faça algo que a sua consciência não permita.                               - Minha consciência. Você é minha consciência. Sempre foi, James Carstairs."
A adrenalina que existe durante todo o livro é inegável. Os personagens não tem um minuto de paz sequer, sempre tem um problema acontecendo, chega a dar dó. A cada capítulo aparece algo novo, que nos impulsiona a ler mais uma página até percebemos que nesses impulsos, terminamos o livro.

"- Um coração dividido não se sustenta, como dizem. Você ama os dois, e isso a destrói"

Princesa mecânica é tudo, menos chato, parada e tedioso. Só digo uma coisa, leiam essa série, leiam os livros da Cassandra, ela é espetacular. Ela conseguiu fechar todos os pontos de uma maneira incrível e com muita maestria, tudo terminou, acho eu, como deveria terminar. E por incrível que pareça, nesse livro, não gostei de nenhum vilão hehe.

"A medida do amor é amar sem medida"

Book Trailer:



Acompanhe a resenha de outros livros da série Peças Infernais:

Anjo mecânico
- Príncipe mecânico

Também se encontra a venda na loja da nossa Parceira Clube Ludi
Instagram da Clube Ludi: Aqui
Nosso Instagram: Aqui

Obrigada por nos visitarem, até a próxima ;)





2 comentários: