quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Resenha: Cidade de Vidro - Cassandra Clare

 CONTÊM SPOILER DO LIVRO ANTERIOR


Título: Glass City / Cidade de Vidro - Instrumentos Mortais #3
Autor(a): Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 474
Ano: 2011


Skoob


Sinopse: Em busca de uma poção para salvar a vida de sua mãe, Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras. Mas à medida que se aproxima de Ragnor Fell, o feiticeiro que pode curar a mãe, ela descobre segredos sobre seu passado e o de Jace - e o irmão não hesita em deixar claro que não a quer por perto. Isso Clary já entendeu, ela só não imagina que está prestes a participar de uma batalha épica, na qual Caçadores de Sombras e integrantes do Submundo terão que se unir se quiserem sobreviver.

Cidade de Vidro, com certeza é o melhor livro, entre os outros dois. Esse tem bem mais emoção, evolução, explosão de sentimentos, paixão, ele prende nossa atenção em todas as partes. E como bem se sabe, inicialmente TMI seria uma trilogia, portanto ela acabaria nesse livro, Cidade de Vidro. E se você não gostar de séries longas, o final desse é ótimo e da para ficar bastante satisfeito, mas se você for como eu, que quer sempre mais, leia até o sexto, é melhor ainda - Até porque, se você quiser ler As peças infernais (Segunda série da Cassandra), é interessante ler até o sexto -.

Sem mais delongas, Cidade de Vidro é uma maravilha de livro. Conseguiu me tirar lágrimas, suspiros - De raiva e emoção - Tinha momentos em que eu queria matar alguns personagens, outros eu queria ter só pra mim, acho que dos três, eu li esse bem mais rápido, apesar de ser o maior.

Durante o livro, a confusão toda é envolvida em Clary estar procurando o feiticeiro que poderia acordar sua, e ela e Jace estarem tentando deter Valentim, porque ele já havia conseguido, dois dos três Instrumentos Mortais - O Cálice e A Espada - Só falta encontrar o espelho, que ninguém nunca viu, nem sabe onde se encontra. E todos estão tentando encontrá-lo antes que Valentim o faça.

Em meio a isso tudo, ainda tem o amor de Clary e Jace, ambos ainda estão muito abalados com a notícia de serem irmãos, mas não conseguem deixar de lado o amor que sentem um pelo outro, que não é nem um pouco fraternal.

No livro, acontecem muitas coisas, só estou falando algumas, porque tem coisas que se eu contar, acabarei dando spoiler, e não quero isso. O que posso dizer, é que há uma evoulução enorme em relação aos personagens, o que é maravilhoso. Clary aos poucos deixa de ser a protegida, para proteger e tomar atitudes. Jace deixa um pouco seu lado sarcástico, e mostra um pouco do seu lado carinhoso. Também são mostrados outros personagens, o que é interessante porque a Cassandra não foca só em um personagem, ela nos permite conhecer cada um deles.

Então, é isso gente, vou deixar alguns quotes abaixo e espero que gostem!

“Eu amo você, e vou amar até morrer, e se houver vida depois disso, vou amar também.”

“As pessoas não nascem boas ou ruins. Talvez nasçam com tendências a um caminho ou outro, mas é a maneira como se vive a vida que importa. E as pessoas que conhecemos.”


Quando você realmente ama alguma coisa, nunca tente conservá-la do mesmo jeito para sempre. 


Precisa deixá-la livre para mudar."





Veja as outras resenhas da série:

Cidade do Fogo Celestial - EM BREVE





Nenhum comentário:

Postar um comentário